Dólar acima de R$ 5? Veja 4 praias para visitar no Brasil

A alta do dólar deixa aquela viagem internacional tão sonhada mais cara. O dólar hoje passou dos R$ 5, mas isso não quer dizer que o sonho de viajar acabou. Existem lugares muito lindos no Brasil que vale a pena conhecer sim e que vão proporcionar uma experiência inesquecível.

Vou deixar aqui 4 lugares para você pensar em conhecer dentro no Brasil depois que a quarentena passar:

1 – Florianópolis

As paisagens da cidade, que fica em uma na ilha, são lembranças para toda a vida. O destino é bem badalado, mas tem preços mais em conta também. Isso vai deixar os gastos bem menores que lugares mais visitados como o Rio de Janeiro.

Quem gosta de um lugar com uma faixa de areia mais extensa, a praia de Canasvieiras é uma boa pedida. Hoje eu estou morando no bairro dos Ingleses, onde a praia também é boa demais. A parte mais bonita, na minha opinião, é onde ficam as dunas, no lado direito lá no fim perto da montanha.

Praia dos Ingleses perto das dunas
Linda paisagem. No verão a água tá perfeita
Mar bom, sol bom e uma foto para deixar na memória

2 – Salvador – Bahia

Não vão faltar praias lindas para apreciar. A Praia do Farol da Barra e do Rio Vermelho são lugares imperdíveis principalmente por estarem de frente para a cidade. Caso você não queira tanta agitação, o Morro de São Paulo vai ser mais ideal para o seu gosto. Essa antiga vila fica a duas horas de Salvador.

Praia do Farol. Olha isso…
Reprodução: Férias Brasil

3 – São Sebastião – São Paulo

Quem está em São Paulo e não vai poder viajar para muito longe, São Sebastião é uma boa escolha. São diversas opções de praias como: Arrastão, São Francisco, Enseada, Barequeçaba, Maresias, Boiçucanga e Barra do Una. Existe até mesmo um grupo do WhatsApp para os turistas.

Enseada, opção mais ao norte de São Paulo
Reprodução: SãoSebastião.tur

4 – Porto de Galinhas – Recife

As piscinas naturais são um dos grandes atrativos dessa região que fica no litoral sul do estado. A região conta com paisagens paradisíacas. Aproveite também para se deliciar nas comidas típicas como o arrumadinho.

Difícil uma praia do nordeste não ser belíssima
Reprodução: Eu ando pelo mundo

Como é a praia de Canasvieiras em Florianópolis?

Canasvieiras, que está no norte da ilha, foi o primeiro bairro em que morei em Florianópolis e fica pertinho do badalado Jurerê Internacional. Todo mundo que passeia por Canas (apelido de Canasvieiras) diz que o estilo do lugar é mais familiar, e eu concordo. Por não ser grande, você consegue fazer coisas básicas na região como ir ao supermercado, ao correio, às lojas e à farmácia com poucos passos.

Norte de Florianópolis, no bairro de Canasvieiras, existe uma boa estrutura para receber turistas
Uma das principais vias de Canas é rua Madre Maria Villac, a alguns passos da praia

Às vezes na praia dá para ver algumas lanchas e barcos mais afastadas da orla, navegando em meio ao mar que tem dias quase sem ondas, porém outras vezes é mais agitado, mas não muito. Quem quer passear de lancha não vai ter dificuldade em se deslocar de Canas até Jurerê, que é onde os aluguéis estão disponíveis.

Dia de sol rachando e mar relaxado em Canas, amo

A praia é uma das mais lindas que eu vi aqui em Floripa. O destaque é para os espetaculares pores do sol. O mar tem águas claras caso o dia esteja de sol constante, a faixa de areia é extensa, o que dá espaço para receber muito visitante sem aglomeração.

Nesse dia o mar tava quase uma piscininha
Que pôr do sol lindo é esse?
A natureza é uma obra de arte. Não esperava por essa vista

Lado Esquerdo: residências, pedras (Ponta dos Morretes), pequenas trilhas e Jurerê Tradicional

No lado esquerdo da beira da praia de Canasvieiras, que é bastante residencial e tem mais a presença hotéis, ficam algumas pedras. Lá as pessoas podem fazer uma pequena caminhada na parte de baixo quando a maré está baixa, ou então subir pelas pedras e fazer uma trilha rápida até o outro lado da praia. Essa parte é conhecida como Ponta dos Morretes. Tem que ter disposição.

Para quem gosta de caminhar ainda mais, dá para chegar em Jurerê Tradicional com uns 30 minutos ou menos a partir das pedras.

Caminho para Jurerê em um dia nublado, imagina com sol

Lado direito: restaurantes, trapiche, passeio do Barco Pirata e Praia da Cachoeira

Se você for caminhando para o lado direito vai se deparar com uma bela paisagem também. Tem alguns restaurantes/bar na beira da praia para saborear algum petisco.

Um passeio que eu ainda não fiz por conta da pandemia é o Barco Pirata, mas, que agora está disponível com medidas de segurança contra o coronavírus (50% da capacidade e uso de máscara).

O Barco do Pirata passa por várias praias como Canajurê, Jurerê Internacional, Praia do Forte,
Ponta das Canas, entre outras. A duração é de 1h30. Os valores atualmente são de R$ 65 no cartão e R$ 60 no dinheiro. Aqui vai o site do passeio Barco Pirata para você ter mais detalhes.

Atração turística está tomando medidas preventivas depois de ter interrompido suas atividades

Mais para frente, não vai ser difícil de achar o trapiche, para quem é de São Paulo, o nome conhecido é o “pier”. Lá você consegue apreciar, tirar fotos “matadoras” da paisagem e não deixar passar a visão do nível de claridade da água.

Trapiche ou pier na parte direita de Canasvieiras. Antes tinha um toldo, porém ele foi levado pela ciclone bomba que teve em Floripa, mas calma que esse fenômeno é raro de acontecer.
Fui até o trapiche tirar uma selfie

Se você gosta de caminhar, mais para frente tem a Praia da Cachoeira (não tem cachoeira perto kkk), a faixa de areia nessa parte é menor e as propriedades são mais residenciais. Tem menos gente circulando e por isso é mais tranquilo, pelo menos na época que passava por lá em agosto e setembro.

Um pouco depois do trapiche, você vai em direção à Praia da Cachoeira. Gostou?